Criança mancando: O que pode ser?

Em algum momento da infância é comum que as crianças apresentem episódios de claudicação. Normalmente pode ser causado por uma pequena lesão que tende a melhorar naturalmente. Mas as crianças que permanecem mancando por mais de uma semana, devem ser levadas a um médico ortopedista para uma avaliação.

As causas da claudicação podem estar presentes em qualquer parte da perna ou até mesmo em outras partes do corpo da criança. Diferentes tecidos podem estar envolvidos, como músculo, ligamentos, articulações ou ossos.

Em muitos casos é um desafio identificar sintomas da claudicação em crianças pequenas, pois elas não conseguem descrever suas sensações com clareza. As crianças mais velhas podem tentar minimizar a dor. Por mais que muitos problemas que fazem as crianças claudicar possam curar espontaneamente, é importante avaliar se o tratamento é necessário.

O que leva a criança a mancar?

Conheça algumas causas que podem levar uma criança a mancar:

Traumas

Uma das causas mais comuns de claudicação em crianças é uma lesão traumática leve. Geralmente essas lesões são facilmente identificadas, mas caso a criança permaneça mancando após alguns dias, pode representar uma pequena fratura, ou algo mais grave.

Infecções e doenças inflamatórias

Outra causa frequente deste problema são as infecções e condições inflamatórias:

  • Infecções bacterianas: podem se desenvolver nos ossos em crescimento e nas articulações, causando dor e claudicação;
  • Doenças inflamatórias: afetam as articulações e podem causar dor e inchaço, um exemplo é a artrite juvenil ou a sinovite transitória.

Outras causas

  • Existem outras causas mais graves e raras, como:
  • Tumores;
  • Anomalias congênitas: problemas que se desenvolvem antes do nascimento do bebê e podem causar uma diferença no comprimento das pernas, como Displasia do Desenvolvimento do Quadril;
  • Doença de Legg-Perthes;
  • Epifisiolistese (escorregamento da cabeça do fêmur).

Como funciona o diagnóstico para crianças com claudicação?

Ao levar o seu filho a um ortopedista infantil devido à claudicação, será solicitado responder às seguintes questões: histórico médico, atividades recentes, saúde geral, descrever os sintomas da claudicação, quando e como ocorreu. Quanto mais informações você detalhar para o médico, mais fácil pode ser o diagnóstico.

Após as perguntas, o ortopedista fará um exame físico em seu filho, analisando o caminhar da criança, as pernas, articulações e a coluna, em busca de alguma sensibilidade ou dor.

Dependendo dos sintomas do seu filho, podem ser solicitados alguns exames de imagem, incluindo:

  • Raio-X: o médico pode precisar das radiografias das partes em que seu filho sente dor para investigar o problema;
  • Cintilografia óssea: esse exame pode ser eficaz para encontrar uma fratura sutil, infecção óssea ou tumor ósseo;
  • Ressonância magnética: podem mostrar inchaço nas articulações, fraturas, infecções e tumores ósseos.

O que fazer se meu filho está mancando?

É fundamental que você busque ajuda de um Ortopedista infantil o quanto antes, especialmente se a claudicação persistir por mais de uma semana. Assim, seu filho vai ser examinado para determinar se a condição é benigna ou se há a presença de problemas mais graves, como infecções.

Marque agora uma consulta!

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Posso ajudá-lo?